Uma Viagem, na minha opinião, é sempre uma oportunidade para descobrir as características de outras regiões, de outros países e os costumes das pessoas que lá vivem. Essa descoberta aumenta muito a nossa perspectiva em relação ao mundo e em relação a nós mesmos.

 

Saber mais

 

Por Silvia Macedo
Pesquisar por TAG

© 2018 Todos os direitos reservados. Viajar Enriquece por Silvia Macedo.  by Mercado Digital

Please reload

eBook | Viajar Enriquece

Quer receber este e-book GRÁTIS

Assine a Newsletter ou se preferir descarregue já clicando no botão...

Viajar Florença: O encanto geográfico da Toscana e sua capital.

26/07/2018

A Itália é um país que encanta. Cada região tem sua peculiaridade, tem uma beleza a ser descoberta, explorada e memorizada no coração. A Toscana é considerada uma das regiões mais lindas da Itália em razão da belíssima beleza natural e do rico patrimônio histórico-cultural. Campos de girassóis, lindas colinas, belas planícies, vinículas, boa comida, arte, gente alegre e simpática.

 

 

 Girassóis, típicos da região da Toscana

 

 

Para falar das belas paisagens da Toscana é imprescidível mencionar os Montes Apeninos, também conhecidos como Cordilheira dos Apeninos. São cadeias montanhosas que cobrem de norte a sul do país e possuem aproximadamente 1.400 km de extensão. Os Montes Apeninos formam a coluna dorsal da Itália.

 

Os Montes Apeninos são formados por montanhas verdes e arborizadas. Em grande parte são florestas. A vegetação é caracterizada pela presença de arbustos e árvores como: pinheiros, carvalhos, umeiros e lariços. A parte central dos Apeninos possue as maiores altitudes, existem cerca de 220 picos com mais de 2 mil metros de altitude, o Monte Corno (Gran Sasso) atinge o ponto mais alto com quase 3 mil metros de altitude, onde ocorre a presença de geleiras (massa de gelo formada por camadas sucessivas de neve ao longo dos anos).

 

Nos Apeninos há fontes minerais, lagos, rios na costa oeste que desaguam no mar Tirreno, e na costa leste que desaguam no mar Adriático.

 

A região da Toscana, no entanto, está situada entre a parte norte do Mar Mediterrâneo e os Montes Apeninos que cobrem 25% da área total da região. O relevo da região é formado predominantemente por colinas, cerca de 66% e as áreas de planície são relativamente poucas, responsáveis por aproximadamente 9% da região. A apesar de poucas áreas de planície, são muito férteis.

 

 

 Paisagem da Toscana

 

 

A parte do Mar Mediterrâneo que se encontra na região da Toscana, forma o Arquipélago Toscano, um conjunto de ilhas entre o Mar da Ligúria e o Mar Tirreno. As ilhas que compõe o arquipélago são: Elba, Pianosa, Capraia, Montecristo, Giglio, Gorgona e Giannutri.

 

 

 Mapa Itália -  Itália Continental, Arquipélagos e Mares

 

 

Enfim, a beleza natural da Toscana está diretamente ligada aos Montes Apeninos e ao Mar Mediterrânio. A região tem aproximadamente 23 mil quilômetros quadrados e registra uma população estimada em 3,7 bilhões de habitantes.

 

 

 Ciprestes. Cipestre é uma árvore nativa do sul da Europa e uma parte da Ásia. Há em abundância na região Toscana. 

 

 

Na culinária local predomina a alimentação saudável e natural, baseada em pães e azeite. A Toscana tem seu próprio queijo, o pecorino feito com leite de ovelha, seu próprio presunto, o prosciutto toscano, o pão é sem sal, mas tem sabor, em razão da sua fermentação natural, massas, doces, enfim, há muito o que provar e saborear na Toscana. A região também é respeitada internacionalmente no quesito vinho. Das colinas da Toscana saem alguns dos vinhos mais respeitados do mundo,  o clima temperado e ensolarado somado a tradição milenar conferiu a Toscana o título de uma das mais importantes regiões de produção de vinhos finos do mundo. Entre os mais famosos da região estão: Chianti e Brunello di Montalcino, além do famoso Vin Santo, um vinho licoroso de sobremesa.

 

 

 Chianti - Fonte: Chianti.com

 

As províncias da região da Toscana são: Arezzo, Livorno, Lucca, Florença, Grosseto, Pistoia, Massa-Carrara, Prato, Siena e Pisa. Os principais rios são: Arno, Ombrone e Serchio. A capital da região da Toscana é Florença.

 

Na região costeira predomina o clima mediterrâneo (clima que sofre as influências do mar, tendo um verão quente e seco e inverno com temperaturas amenas e ocorrência de chuvas). No interior predomina o clima continental (esse clima gera um verão quente e breve, e um inverno rigoroso e longo).

 

E Florença?

 

Florença (em italiano Firenze) é a capital da Toscana. Florença é considerada uma das cidades mais belas do mundo em razão da sua beleza natural e dos imponentes monumentos. É atravessada pelo Rio Arno que a divide em duas e está localizada no coração da Toscana.

 

 Florença – Rio Arno

 

 

O Rio Arno é um rio exclusivamente italiano, nasce nos Apeninos, no Monte Falterona que está a 1358 metros acima do nível do mar, atravessa a região da Toscana passando por Florença e Pisa e desagua no Mar Tirreno. Tem aproximadamente 214 km de extensão.

 

É o mais extenso rio da região da Toscana, suas águas são caudalosas e tranquilas. Em alguns pontos já ocorreu estiagem, porém em outras épocas, provocou cheias e inundações. Uma das inundações mais marcantes da história de Florença foi a de 1333 que destruiu a Ponte Romano, situado onde existe hoje a Ponte Vecchio. Outra inundação marcante foi a de 1966, o mar de lama trazido pela subida do rio Arno causou danos consideráveis em Florença, destruindo bens materiais, em particular, numerosas obras de arte conservadas desde a Renascença. Foi um dos acontecimentos mais sofridos na cidade, após a 2º Guerra Mundial.

 

 

 Ponte Vecchio 

 

 

Florença é composta por inúmeras pontes que unem as duas margens da cidade. As pontes de Florença possuem valor histórico-cultural porque algumas resistiram à 2ª Guerra Mundial, outras tiveram que ser reconstruída, é uma bela oportunidade para flanar pelas pontes e avistar uma bela paisagem do rio Arno e arredores.

 

 

Curiosidade:

 

Um belo filme, adaptdo do livro homônimo "Sob o sol da Toscana" é uma ótima inspiração para entrar no "mundo" da Toscana. Eu escrevi um artigo sobre esse filme. Para ler clique aqui em Sob o Sol da Toscana. 

 

 

 Filme: Sob o sol da Toscana

 

 

Outro filme muito interessante, que se passa em Florença é "Chá com Mussolini"

 

 

 Filme: Chá com Mussolini

 

 

Fonte de Pesquisa:

 

Wikipédia

Opera Mundi

InfoEscola

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Viajar Paris - Basílica Sacré Coeur

Viagem pela cozinha francesa, inspiração no filme Julie e Julia!

Viajar Suíça - Montreux beleza exuberante e Festival anual de Jazz ...