Uma Viagem, na minha opinião, é sempre uma oportunidade para descobrir as características de outras regiões, de outros países e os costumes das pessoas que lá vivem. Essa descoberta aumenta muito a nossa perspectiva em relação ao mundo e em relação a nós mesmos.

 

Saber mais

 

Por Silvia Macedo
Pesquisar por TAG

© 2018 Todos os direitos reservados. Viajar Enriquece por Silvia Macedo.  by Mercado Digital

Please reload

eBook | Viajar Enriquece

Quer receber este e-book GRÁTIS

Assine a Newsletter ou se preferir descarregue já clicando no botão...

Viajar Paris - Ópera Garnier

08/01/2019

 A Ópera Garnier é uma das mais famosas Casas de Ópera do mundo. Sua construção se estendeu por mais de dez anos, teve início em 1862 e foi concluída em 1875. O projeto arquitetônico é obra do arquiteto Charles Garnier (1825-1898). No passado era normalmente chamada de Ópera de Paris, mas em 1989, após a inauguração da Ópera da Bastilha, passou a ser chamada Ópera Garnier, em homenagem ao arquiteto da obra. O edifício é considerado uma das obras-primas da arquitetura de seu tempo. Construído em estilo neobarroco, é o décimo terceiro teatro a hospedar a Ópera de Paris, desde sua fundação por Luís XIV, em 1669.

 

 

 Ópera Garnier - Paris

 

 

A Ópera Garnier foi projetada no contexto da grande reforma urbana de Paris, no Segundo Império, liderada pelo prefeito de Paris Georges Eugène Haussmann. Em 1859, Haussmann foi autorizado por Napoleão III a promover a limpeza dos 12 mil metros quadrados de terreno e abrir concurso público para o projeto da obra. O concurso deu-se em 1861, do qual foi vencedor o arquiteto Charles Garnier.  Na época Charles Garnier era um profissional desconhecido, de 35 anos de idade. No entanto, após essa obra-prima, também projetou a Ópera Monte Carlo, em Mônaco.

 

 Ópera Garnier - Paris

 

O luxo e opulência da decoração estende-se por todo o Palácio, interna e externamente. Com uma capacidade de quase dois mil espectadores sentados.

 

 

Ópera Garnier - Paris 

 

 

A Ópera Garnier na Literatura:

 

O romance francês, "O Fantasma da Ópera", escrito por Gaston Leroux, publicado em forma de livro em 1910, foi parcialmente inspirado em fatos históricos ocorridos na Ópera de Paris, durante o século XIX. Snopse da editora Ediouro: "Com um poder quase mágico de cativar o leitor em situações de terror e suspense, misturando amor, ciúme e traição, Gaston Leroux criou essa história que retrata uma jovem cantora lírica que credita seu sucesso ao 'Anjo da Música', uma voz que a visita todos os dias em seu camarim para dar aulas de canto."

 

O Fantasma da Ópera narra o triângulo amoroso entre a linda e talentosa cantora lírica Christine Daaé, o frágil e apaixonado visconde Raoul de Chagny e o sinistro e obcecado gênio da música que habita os porões do teatro."

 

O Fantasma, em seu esconderijo em baixo de uma casa de ópera em Paris, no Século XIX, planeja uma forma de se aproximar da vocalista Christine Daae. Ele, usando uma máscara para esconder um defeito congênito, consegue os papéis principais para a estrela, mas ela se apaixona pelo benfeitor das artes, Raoul. Apavorado com a ideia de sua ausência, o Fantasma cria um plano para manter Christine ao seu lado, enquanto Raoul tenta derrubar o esquema.

 

 

 

A Ópera Garnier no Teatro:

 

Inúmeros espetáculos musicais e peças têm sido produzidas baseadas na obra literária "O Fantasma da Ópera" de Gaston Leroux. A mais famosa é a de Andrew Lloyd Webber, o musical homônimo está em cartaz em Nova Iorque, no Teatro Majestic, desde 1986, sendo o musical de maior duração da história da Broadway.

 

 

A Ópera Garnier no Cinema:

 

O romance "O Fantasma da Ópera" foi inúmeras vezes transposto para os palcos e para a telas de cinema, quando fez um estrondoso sucesso, principalmente entre o grande público. A primeira versão foi em 1925, um filme mudo e em preto-e-branco. As versão de 2004 "The Phantom of the Opera" é uma filme estadunidense e britânico, do gênero musical, dirigido pelo cineasta americano Joel Schumacher, e com roteiro de Andrew Lloyd Webber e Joel Schumacher.

 

Conforme síntese da wikipédia No enredo desse filme a personagem "La Carlotta é a diva de uma conceituada companhia teatral, que é responsável pelas óperas realizadas em um imponente teatro. Temperamental, La Carlotta se irrita pela ausência de um solo na nova produção da companhia e decide abandonar os ensaios. Com a estréia marcada para o mesmo dia, os novos donos do teatro não têm outra alternativa senão aceitar a sugestão de Madame Giry e escalar em seu lugar a jovem Christine Daae , que fazia parte do coral. Christine faz sucesso em sua estréia, chamando a atenção do Visconde de Chagny , o novo patrocinador da companhia. O Visconde e Christine se conheceram ainda crianças, mas ele apenas a reconhece na encenação da ópera. Porém o que nem ele nem ninguém da companhia, com exceção de Madame Giry, sabem é que Christine tem um tutor misterioso, que acompanha nas sombras tudo o que acontece no teatro: o Fantasma da Ópera. "

 

Essa versão cinematográfica de 2004, dirigida pelo cineasta Joel Schumacher teve três indicações para o prêmio Oscar : melhor direção de arte, melhor fotografia e melhor canção. Foi indicado para o prêmio Globo de Ouro nas categorias melhor filme-musical, melhor canção orginal e melhor atuação de atriz de cinema-musical.

 

 

 O Fantasma da Ópera, dirigido por Joel Schumacher

 

 

Passeio pela Ópera Garnier:

 

Você já assistiu a uma ópera ou a um espetáculo de balé no Ópera Garnier?  Ou fez uma visita guiada? É possível visitar a Opéra de Paris e conhecer seu interior, ainda que não assista a um espetáculo. A ópera esta aberta todos os dias das 10 às 17 horas para visitação.

 

A Opera Garnier também contempla no seu interior uma livraria-butique está aberta todos os dias das 10:00 h às 18:30 h e todas as noites de espetáculo. São duas entradas, uma pelo interior da Ópera e outra pela rue Halévy. Você poderá se envolver no universo de CDs, DVDs e livros do mundo da ópera.

 

Há também um espaço dedicado às crianças com jogos e brinquedos educativos a partir do mundo do balé e da dança. E ainda, um setor que reúne marcas do pret-à-porter que tenham alguma ligação com os espetáculos.

 

 Ópera Garnier - Paris

 

Endereço: 

8 Rue Scribe, 75009 Paris, França

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Viajar Paris - Basílica Sacré Coeur

Viagem pela cozinha francesa, inspiração no filme Julie e Julia!

Viajar Suíça - Montreux beleza exuberante e Festival anual de Jazz ...

1/10
Please reload

Você também irá gostar destes posts!